F5 Motor para Portão - F5 Motor Para Portao Automático
F5 Motor para Portão Automático PPA

(11)96339–7834 — (11)2506–4270

Instalação de Motor para Portão

Para qual­quer mod­e­lo de portão, existe o motor ide­al. Seja bas­cu­lante, deslizante ou piv­otante. Temos F5 Motor para Portão Automático.

manutenção de motor de portão automático

Manutenção de Motor para Portão

O motor do portão apre­sen­ta algum defeito, mas ain­da não é hora de sub­­sti­­tuí-lo, a solução mais ade­qua­da seria a manutenção desse motor. Se pre­cis­ar, F5 Motor para Portão Automático.

Top Motor para Portão

Reforma de Motor para Portão

Casos em que a manutenção seja mais com­plexa, mas ain­da tem solução, nada mel­hor do que uma refor­ma do motor para aumen­tar a vida útil do equipa­men­to. Encon­tre um téc­ni­co próx­i­mo á você que tra­bal­ha com F5 Motor para Portão Automático.

F5 Motor para Portão Automático PPA

Assistência Técnica de portões automáticos

Para solic­i­tação com téc­ni­cos pres­en­ci­ais ou por vídeo chama­da. Sem pre­cis­ar sair de casa, tentare­mos solu­cionar o prob­le­ma do seu motor para portão.

F5 Motor para Portão Automático

Troca da Central de comando eletrônica do Motor para Portão

Con­sid­er­a­da o “cére­bro” dos motores, a pla­ca é o item prin­ci­pal em uma manutenção de portão automáti­co, que faz a comu­ni­cação entre todos os itens do motor para portão. Con­sulte tam­bém F5 Motor para Portão Automático.

controle remoto de portão

Venda e configuração de controle remoto para Portão Automático

Mais da metade das lig­ações em nos­sa empre­sa são para com­pra de con­t­role remo­to de motor de portão. Vendemos con­t­role das maiores mar­cas nacionais (PPAGaren e Pec­cinin).

Motor de portão 110v não dá par­ti­da, o que pode ser? 

Motor de portão geral­mente tem na cen­tral um jumper para sele­cionar entre 110 e 220 volts. Porém, quan­do é uti­liza­do em 110 volts o motor fica mais fra­co, e não cos­tu­ma durar por muito tem­po. O recomen­da­do é sem­pre insta­lar em 220v. 

Para que serve o freio eletron­i­co do portão automático? 

Freio eletrôni­co é uma reg­u­lagem de algu­mas cen­trais de coman­do que faz com que o portão per­ca parte de sua veloci­dade quan­do está chegan­do aos lim­ites de aber­tu­ra ou de fechamen­to, para o portão não chegar com força total e bater no final do per­cur­so. Portão Pec­cinin Que­bra­do Par­que San­to Agostinho 

Os portões automáti­cos são um grande avanço na tec­nolo­gia. Eles fun­cionam com sen­sores que detec­tam a pre­sença de uma pes­soa e abrem auto­mati­ca­mente, dis­pen­san­do a neces­si­dade de usar a chave ou mes­mo de tocar o inter­fone. Isso traz mais prati­ci­dade e segu­rança para as pes­soas, espe­cial­mente para aque­las que moram em con­domínios. Além dis­so, os portões automáti­cos podem ser aciona­dos remo­ta­mente, o que per­mite que qual­quer pes­soa abra-os mes­mos mes­mo estando longe do local.

O que pre­ciso saber antes de autom­a­ti­zar um portão? 

Quase todos os mod­e­los de portão podem sim ser autom­a­ti­za­dos. Depende da for­ma de aber­tu­ra. Alguns são fab­ri­ca­dos seguin­do padrões, para facil­i­tar a autom­a­ti­za­ção do portão. Out­ros pre­cisam de adap­tações para a hora da automação. O cor­re­to é enviar fotos do portão, olhan­do de den­tro e de fora, para a nos­sa empre­sa, que nos­sos téc­ni­cos fazem a avali­ação necessária e qual o mod­e­lo mais ade­qua­do de motor a ser insta­l­a­do. ddd, Para isso leva-se em con­ta a quan­ti­dade de aber­tu­ra e fechamen­to que esse portão terá durante o dia, o peso do portão, se suas roldanas ou cabos de aço estão bem dimen­sion­a­dos e alin­hados e se é mod­e­lo res­i­den­cial, empre­sar­i­al ou condomínio. 

Na min­ha pla­ca não tem o jumper para fechar o cir­cuito PROG. Como faço? 

O jumper serve tão somente para dar um cur­to entre os 2 pinos de PROG, ou seja, unir os 2 pinos para que passe cor­rente. Qual­quer obje­to metáli­co, como uma chave de fen­da por exem­p­lo, pode ser usa­do para encostar um pino no out­ro, para ser fei­ta a pro­gra­mação. Portão Pec­cinin Que­bra­do Par­que San­to Agostin­ho, Só não encoste a chave de fen­da ou o jumper em out­ros ter­mi­nais da cen­tral que não forem o PROG, pois com certeza vão dan­i­ficar ou queimar a central. 

O portão automáti­co é um dis­pos­i­ti­vo eletrôni­co que abre e fecha a pas­sagem de veícu­los por meio da emis­são de sinais sonoros ou lumi­nosos. Geral­mente, ele é aciona­do por con­t­role remo­to ou por sen­sor insta­l­a­do no chão. Esse tipo de equipa­men­to tem se tor­na­do cada vez mais comum nas residên­cias, dev­i­do às van­ta­gens que ofer­ece: prati­ci­dade, segu­rança e econo­mia de tem­po. Além dis­so, o portão automáti­co pode ser cus­tomiza­do de acor­do com as neces­si­dades do cliente, poden­do ser fab­ri­ca­do em diver­sas cores e materiais.

Como Cod­i­ficar con­t­role Pec­cinin no Portão Automático? 

Como cod­i­ficar con­troles da fre­quen­cia 433MHZ na cen­tral do motor Pec­cinin Gat­ter ou Con­ven­cional de portão: Portão Pec­cinin Que­bra­do Par­que San­to Agostin­ho, (Portão Bas­cu­lante ou Portão Deslizante) 

Quais as peças mais comuns nos motores bas­cu­lantes de portão? 

O motor de portão é for­ma­do por um con­jun­to de peças que são:- Cal­ha de alumínio padrão de 1,4 met­ros;- Eixo de fuso com rosca para aciona­men­to;- Batoque supe­ri­or (tamp­in­ha que fecha o per­fil de alumínio);- Por­ca acionado­ra (peça de nylon que corre den­tro do alumínio para cima e para baixo);- Acoplador que faz a junção do fuso com o redu­tor do motor;- Car­caça de fer­ro fun­di­do (2 partes que fecham, com as peças inter­nas, for­man­do o moto-redu­tor do portão);- Esta­tor do motor (parte inter­na do motor com­pos­ta por cen­te­nas de voltas de cobre, para cri­ar o cam­po mag­néti­co);- Eixo inter­no com induzi­do, rola­men­to e rosca sem fim inter­na (eixo prin­ci­pal inter­no do motor que faz a lig­ação entre todas as peças inter­nas);- Engrenagem de nylon prin­ci­pal;- Caixa e tam­pa para cen­tral eletrôni­ca de coman­do;- Cen­tral de coman­do eletrôni­ca;- 02 con­troles remotos. 

Tra­va eletro-mag­néti­ca é segura? 

Sin­ce­ra­mente, não acred­i­to que seja. A tra­va elétri­ca tra­bal­ha da seguinte for­ma: um pul­so elétri­co é man­da­do quan­do o motor é aciona­do, fazen­do com que a tra­va destrave, e libere o ciclo do portão. O que ninguém expli­ca, é que tra­va elétri­ca pre­cisa de lubri­fi­cação per­iódi­ca, para que o embo­lo sem­pre deslize da for­ma cor­re­ta durante seu uso. O que acon­tece em prati­ca­mente todas as residên­cias que tem tra­va elétri­ca, é que a pes­soa nun­ca chega per­to da tra­va para ver­i­ficar se o embo­lo está limpo e lubri­fi­ca­do, para tra­bal­har sem fal­has. Se enroscar, o motor não vai saber que não deve abrir, e com o embo­lo trava­do, vai ten­tar forçar ao máx­i­mo o portão para que abra. Esse é o caso em que mais se dan­i­fi­cam os motores de portão. Portão Pec­cinin Que­bra­do Par­que San­to Agostin­ho, Out­ro item que fal­ta na maio­r­ia das insta­lações, é a plaquin­ha eletrôni­ca de tra­va elétri­ca. Essa plaquin­ha tem um cir­cuito que aciona em con­jun­to com o motor, mas o pul­so elétri­co dura somente alguns segun­dos, tem­po necessário para que o portão saia do pon­to ini­cial. Lig­a­da de for­ma erra­da, a tra­va fica em con­stante aciona­men­to durante o per­cur­so inteiro do portão, forçan­do demais seu fun­ciona­men­to, e aque­cen­do sem neces­si­dade. Aque­cen­do demais, com vários aciona­men­tos simultâ­neos, a tra­va elétri­ca pode queimar, e se estiv­er lig­a­da de for­ma erra­da em para­le­lo com o motor, aca­ba queiman­do o motor do portão junto. 

Para resolver defeitos no meu portão gas­to muito? 

Em matéria de portão automáti­co, no nos­so site temos expli­cações para os prin­ci­pais defeitos, para quem quis­er resolver sem neces­si­dade de chamar téc­ni­co e pagar visi­ta, além de dicas e man­u­al de pro­gra­mação das prin­ci­pais mar­cas de motor de portão do mer­ca­do. Portão Pec­cinin Que­bra­do Par­que San­to Agostinho 

Qual mar­ca é mel­hor hoje, Rossi, Pec­cinin ou Garen? 

Cada empre­sa pode ter opiniões difer­entes sobre esta per­gun­ta, mas na nos­sa opinião, o motor que menos apre­sen­ta prob­le­mas após insta­l­a­do é o Pec­cinin. Portão Pec­cinin Que­bra­do Par­que San­to Agostin­ho, Tra­bal­hamos com as 3 mar­cas, e ambas são boas. Os prob­le­mas pos­te­ri­ores à insta­lação geral­mente são de con­fig­u­ração ou ajustes sim­ples, e a garan­tia cobre todos normalmente. 

Pre­ciso insta­lar 02 portões, um da rua para a garagem, e out­ro da garagem para o inte­ri­or da casa. Pre­ciso de 2 con­troles sep­a­ra­dos ou um só abre os 2 portões? 

Depen­den­do da mar­ca que insta­lar, pode ser no mes­mo con­t­role, con­fig­u­ran­do um botão para cada portão. Geral­mente se forem adquiri­dos ao mes­mo tem­po serão de mes­ma fre­quên­cia, e podem sim ser feitos de acor­do com sua neces­si­dade, mas se for insta­l­a­do um portão, depois de anos insta­l­a­do o out­ro, pode dar difer­ença de fre­quen­cia, e para solu­cionar somente colo­can­do um recep­tor avul­so adi­cional no motor do portão mais antigo. 

Quem nun­ca son­hou em ter um portão automáti­co na garagem? Ele é uma for­ma de segu­rança e prati­ci­dade na hora de entrar e sair de casa. Além dis­so, pro­por­ciona uma sen­sação de con­for­to e mod­ernidade. Quem tem um portão automáti­co pode ficar tran­qui­lo: os viz­in­hos não vão inco­modar nem a entra­da nem a saí­da da sua casa. O portão auto­mati­co é ide­al para quem tem ani­mais de esti­mação ou cri­anças peque­nas, pois evi­ta que elas se machuquem ao abrir e fechar man­ual­mente o portão.

Chaveiro cod­i­fi­ca controle? 

Alguns mod­e­los de con­t­role de portão podem ser cod­i­fi­ca­dos levan­do o con­t­role em um chaveiro, se o mes­mo tiv­er apar­el­hagem para trans­ferir o códi­go do con­t­role atu­al para o novo, mas são raros os con­troles que per­mitem faz­er este proces­so. Out­ro mod­e­lo que pode ser feito em chaveiros é o de cor­tar arames den­tro do con­t­role, pois bas­ta cor­tar os arames iguais ao con­t­role orig­i­nal para que o códi­go seja copi­a­do (fre­quên­cia 292Mhz). 

Os portões automáti­cos facili­tam a vida de quem pre­cisa pas­sar por eles. Bas­ta um toque no botão para que o portão se abra, pro­por­cio­nan­do uma maior como­di­dade e agili­dade. Além dis­so, os portões automáti­cos são muito seguros, pois con­tam com um sis­tema de fechamen­to automáti­co assim que alguém sai do recinto.